Browse By

Dicas para fazer networking de qualidade e que gera resultados

picasion.com

Fazer networking é algo importante para o surgimento de parcerias e até mesmo sociedades, o grande erro é quando isto não é feito de forma estratégica. Fazer networking exige um nível diferente de técnica, dedicação e interesse.

Existem duas definições de networking quando se busca no Google, que abaixo estão traduzidas:

1. A ação ou processo de interagir com os outros para trocar informações e desenvolver contatos profissionais ou sociais.

2. A ligação de computadores para permitir que eles operem de forma interativa.

Neste post vou falar sobre a primeira definição, dando algumas dicas de networking para a troca informações e desenvolver contatos profissionais.

Conheça seus limitadores

Já parou para pensar se você é uma pessoa introvertida ou extrovertida? No mundo dos negócios, parece que só os extrovertidos se dão bem, né? Isso não é verdade.

picasion.com

Fazer networking não significa se expor a ambientes lotados de gente ou ir em todos os eventos. É sobre fazer conexões que tenham sentido e foco, criando uma via dupla de benefícios para ambos lados da relação. Então se você não é do tipo que fica para o happy hour ou o after party, não tem problema. Dá para fazer excelente networking uma pessoa de cada vez.

Quem não é tímido precisa tomar cuidado para não parecerem que querem se tornar os “amigões da galera”. Lembre-se de que nem sempre estará claro de cara o que você poderá oferecer ou receber. Então aproveite para conhecer as pessoas além do ambiente profissional. Networking bem feito é quando você é lembrado.

Já os tímidos podem começar sua estratégia a partir de quem já conhecem, usando-os como pontes. Mas dá para chamar as pessoas para um café ou uma conferência um a um. Sem a pressão toda externa. O importante é estar disponível para fazer estas conexões pessoais.

Conecte-se a pessoas e não a títulos

Um dos erros constantes de empreendedores é tentar falar apenas com pessoas de cargos ou carreiras impressionantes. E se esquece que todos estão em processo constante de crescimento, então, não ignore as pessoas por não terem um grande títulos.

Cada pessoa pode te acrescentar uma série de conhecimentos e aumentar sua rede também. Por isto é importante ter uma clareza ao fazer networking, seja de forma presencial ou online. Deixe seus objetivos bem claros ao conversar com as pessoas, mas não seja uma pessoa “vampira”. Ofereça algo também. Todo mundo pode ajudar e ser ajudado.

Alimente suas conexões e torne-as de longo prazo

Mais importante do que fazer novas conexões é manter as que você já tem. É importante estar presente. Dar o “oi, sumida” de vez em quando pode ajudar a restabelecer de onde parou.

Outras formas legais é sempre que algo te lembrar da pessoa, seja um pensamento ou um artigo online, aproveite para se reconectar. Dê um oi, isso me fez lembrar de você.

Muitas pessoas perdem no networking por quererem apenas absorver coisas para si mesmas. Entenda que o processo é como cuidar de uma plantinhaca, que deve ser regada e cuidada para permanecer viva. Faça a mesma coisa com a sua rede.

É importante ter interesse genuíno nas pessoas ou todo o processo vai soar muito fake. Então, não precisa ter meta de quantas pessoas você vai se conectar por ano. O importante é fazer uma rede sólida e duradoura.

Tenha objetivos claros

As pessoas possuem cada vez menos tempo. Então a cada nova interação não fique enrolando, deixe claro para a pessoa o que você quer naquele momento: é ajudar, pedir ajuda, informar algo ou marcar uma conversa? Sejam esses ou outros motivos, deixe claro.

E uma dica extra: trate os messengers (whatsapp e afins) como email. Vá direto ao ponto, sem ser rude, e a pessoa do outro lado decide a hora e a forma de responder.

Networking e a Jornada do Empreendedor

Abaixo temos alguns pontos para você entender a importância do networking nas diferentes fases da Jornada do Empreendedor:

– Ideação

  • Para achar cofundadores
  • Para achar mentores (serve para todas as fases, né?)
  • Para achar pessoas que podem dar feedback no seu negócio

– Pré-operação

  • Para achar cofundadores (também)
  • Para achar pessoas para testar seu produto
  • Para receber feedback sobre a evolução da sua startup

– Operação

  • Para achar parceiros de negócios
  • Para conhecer futuros investidores
  • Para fazer parcerias estratégicas

– Tração

  • Para ter parceiros estratégicos
  • Para atrair os melhores talentos
  • Para formar um board espetacular
  • Para trocar informações sobre as dores do crescimento da startup

– Expansão

  • Para levar o negócio para outros lugares/países
  • Para fazer as próximas rodadas de investimento
  • Para aprender com quem já chegou até aqui

E você, quais as dicas para um bom networking? Deixe abaixo nos comentários.

picasion.com

 

Veja também:

6 Dicas para montar um pitch matador

Como vencer os maiores obstáculos das Startups brasileiras | Parte 2

Dicas para fazer networking de qualidade e que gera resultados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *